terça-feira, 20 de junho de 2017

Mais 22 cristãos são presos na Eritreia


(imagem ilustrativa)

O número de cristãos presos no país é alarmante e aumenta a cada dia

Entre o fim de maio e o começo de junho deste ano houve uma onda de prisões e 22 cristãos eritreus foram encarcerados. O número de cristãos presos desde o início de maio aumentou para mais de 120. O risco de viver a fé cristã na Eritreia tem aumentado desde 2002, quando uma lei foi criada para impedir o crescimento da igreja.

Essa nova onda de prisões aconteceu perto do Dia da Independência do país, em 24 de maio. Muitos cristãos encontram-se sob vigilância especial nos dias próximos às celebrações dessa data. Isso acontece porque eles se negam a participar de cerimônias que vão contra seus valores.

Fora da capital, cristãos foram presos depois da celebração de um casamento. No dia 21 de maio, os familiares e amigos do casal se reuniram para celebrar a união após uma semana da cerimônia, o que é costume para os cristãos locais. Ao fim da festa, 49 pessoas foram presas, inclusive o casal.


Pedidos de Oração

Clame ao Senhor pela libertação dos que decidiram seguir a Cristo apesar das dificuldades.
Ore para que a igreja cresça e que se mantenha confiante no cuidado de Deus.
Interceda pelos governantes, para que encontrem o caminho, a verdade e a vida em Jesus Cristo.


Leia também
Cristãos eritreus necessitam das nossas orações
Como vivem os cristãos na Eritreia

Fonte
:Portas Abertas - Servindo cristaos perseguidos
https://www.portasabertas.org.br

terça-feira, 13 de junho de 2017

Igreja Batista é atacada por muçulmanos e morrem ao menos 40 cristãos na Nigéria



Ataque de muçulmanos em aldeia. (Foto: 360Nobs)


Além dos mortos e feridos neste ataque recente, centenas de pessoas foram expulsas de suas casas e igrejas também foram destruídas.

Pelo menos 40 pessoas foram mortas, após um massacre brutal a uma comunidade cristã Batista na Nigéria.

Homens armados (provavelmente membros de tribos Fulani) invadiram Godogodo no estado de Kaduna, Nigéria – um assentamento predominantemente cristão – no último sábado (15). O incidente ocorreu após assassinatos anteriores na mesma aldeia.

Além dos mortos e feridos neste ataque recente, centenas de pessoas foram expulsas de suas casas e igrejas também foram destruídas.


Moradores da aldeia disseram que o massacre aconteceu pouco depois de alguns jornalistas terem passado por lá para fazer uma matéria sobre um ataque com facões que havia matado oito pessoas no final de setembro, segundo relatórios da agência cristã ‘Morning Star News’.

Uma testemunha do ataque, Peter Atangi, viu seus quatro filhos sendo mortos pelos pastores Fulani [grupos de extremistas islâmicos que perseguem cristãos na Nigéria].

“Os pastores vieram à noite, no sábado [15 de outubro]. Eles invadiram nossas casas depois de atacar um posto de controle militar. Eles usavam armas sofisticadas, além de facões, facas e paus. Assim que eles chegaram, começaram a atirar indiscriminadamente e começamos a correr em direções diferentes”, disse ele.

“Eles atiraram e mataram meus quatro filhos. Enquanto corríamos para salvar nossas vidas, eles também atearam fogo em nossas casas. Muitos estão desabrigados agora”, acrescentou.

O pastor Isaac Balason, da Igreja Batista Nasara, em Godogodo, falou com a agência ‘Morning Star News’ pelo telefone durante o momento ataque.

“Agora são 20:30 e o ataque está acontecendo”, disse ele. “Não temos certeza se vamos sobreviver a isto. Por favor, estejam em oração conosco”, pediu.

Solomon Musa, advogado e presidente da União Popular do Sul de Kaduna, disse em uma conferência de imprensa na última segunda-feira (17), que os residentes locais identificaram pelo menos 40 pessoas que morreram.

Ele disse: “A comunidade Godogodo voltou a sofrer um ataque feroz, aterrador, brutal, selvagem e bárbaro por parte dos pastores Fulani sem qualquer motivo aparente, no último sábado, 15 de outubro de 2016”, disse ele. “Até agora, os moradores conseguiram identificar pelo menos 40 corpos, além de vários outros cadáveres queimados, o que dificulta o reconhecimento”.

De acordo com Solomon quase todas as casas da aldeia foram queimadas.

“A selvageria e barbárie do ataque é inacreditável”, disse ele. “No entanto, os governos federal e estadual parecem permanecer tranquilos e evasivos. Fomos abandonados e negligenciados”.

Rev Thomas Akut, da Igreja Evangélica ‘Winning All Good News’, em Godogodo disse que o ataque expulsou todos os 245 membros de sua igreja.

“A maioria das aldeias ao redor de Godogodo foram destruídas e milhares de cristãos foram expulsos de suas casas”, disse ele, observando que considera que este ataque é parte de uma guerra islâmica contra os cristãos.

“Esta é uma jihad”, disse ele. “É uma guerra santa islâmica contra cristãos na parte sul do estado de Kaduna”.

A organização cristã ‘World Watch Monitor’ relatou que mais de 300 pessoas – a maioria sendo cristãs – foram mortas em ataques de pastores Fulani nos últimos cinco meses e mais de 5.000 pessoas foram expulsas de suas aldeias.

Outro pastor nigeriano, Rev Agostinho Akpen Lev, disse ao site da organização: “Este é outro jihadista, assim como o Boko Haram no nordeste do país. Os terroristas transportam armas sofisticadas, às vezes até usam armas químicas em nossas comunidades. Eles atacam muitas vezes durante a noite, quando as pessoas estão dormindo. Eles atacam pessoas indefesas e vão embora. Eles têm claramente um objetivo: Acabar com a presença do cristianismo e assumir as terras
”. 

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO CHRISTIAN TODAY

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Líderes cristãos são forçados a fechar igrejas



Por conta de uma circular de 2008, que exige o registro com a autorização do governo, muitas igrejas estão sendo ameaçadas
O Sri Lanka ocupa o 45º lugar na atual Lista Mundial da Perseguição. Grupos budistas radicais têm uma forte presença no país e os monges continuam a interromper as atividades da igreja, na batalha para tornar o budismo a religião predominante na nação. Os cristãos não são reconhecidos por seus direitos legais e estão financeiramente despreparados para enfrentar acusações jurídicas.

Nos últimos dias, muitos líderes cristãos foram ameaçados e forçados a fechar as igrejas que administram por conta de uma circular de 2008, em que diz que igrejas não registradas não devem permanecer abertas. No mês passado, um deles, Pradeed e sua família enfrentaram um protesto violento contra o funcionamento da igreja que fica no sul do país.

No início do ano, 12 agressores budistas destruíram uma igreja, a oeste do Sri Lanka. Eles estavam armados com bastões de madeira, barras de ferro e facas. Na ocasião, eles obrigaram os cristãos a parar o culto e, como eles se recusaram, então quebraram toda a igreja. Os fieis tiveram que se reunir sob uma árvore para continuar a adoração a Deus.

Pedidos de oração
Interceda pelos nossos irmãos cingaleses e peça a Deus que realize milagres entre eles.
Ore por todos os líderes que estão enfrentando ameaças violentas para fechar as igrejas, que eles permaneçam firmes em seus propósitos, apesar das dificuldades.
Atualmente, um dos líderes fez uma parceria com outro líder de Camboja, a fim de construir um refúgio seguro para meninas que foram forçadas à vida de prostituição. Ore por esse projeto.


Leia também
Líderes cristãos são perseguidos e ameaçados
Autoridades tentam impedir reuniões de cristãos

Fonte:
Portas Abertas - Servindo cristaos perseguidos

terça-feira, 6 de junho de 2017

SEMPRE É TEMPO DE RECOMEÇAR!

Resultado de imagem para profeta jonas


"E veio a palavra do SENHOR a Jonas, filho de Amitai, dizendo: Levanta-te, vai à grande cidade de Nínive, e clama contra ela, porque a sua malícia subiu até à minha presença. Porém, Jonas se levantou para fugir da presença do Senhor para Társis. E descendo a Jope, achou um navio que ia para Társis; pagou, pois, a sua passagem, e desceu para dentro dele, para ir com eles para Társis, para longe da presença do Senhor."  (Jonas 1:1-3)


Quantas Pessoas no decorrer da vida, a vida naufragou,se perdeu, foi vencido pelos problemas e pelas lutas e nas provações que nesta vida precisamos passar,
  Um bom exemplo que a vida nos dá é Judas, Judas abandonou o barco, ele simplesmente não recomeçou.
 Paulo que encontrou JESUS no meio do caminho para Damasco, conseguiu naquele momento, dar uma guinada uma revira volta na sua vida.
 E como foi com Jacó? Jacó fez um acordo com seu sogro, que trabalharia sete anos para se casar com Raquel, trabalhou sete longos anos, e na hora de receber a sua recompensa, exatamente no momento de celebrar o casamento, sem dúvida alguma um momento muito aguardado por ele, seria a realização de um sonho, mas na hora de receber a sua amada, seu sogro lhe diz  o seguinte: Aqui em casa quem se casa primeiro é a mais velha, então lhe entregou Lia em casamento e não sua tão esperada Raquel.
 Mais Jacó aceitou o desafio e trabalhou mais sete anos, ou seja, quatorze longos anos ele trabalhou e esperou por Raquel para tê-la como esposa, pois este era seu objetivo, seu sonho, seu desejo, seu amor.
   E com você como será, o que fará da vida? vai desistir, ou vai recomeçar? vaio ficar pelo meio do caminho, desistir? Vai deixar o seu barco afundar? Ou vai recomeçar do ponto onde você parou?
 Lembre-se o melhor Lugar para você é o centro da vontade de DEUS, por tanto, se coloque no lugar em que DEUS tem reservado para você, quais são os projetos de DEUS para sua vida?
Talvez você tenha se perdido pelo caminho, ou mesmo lutado com DEUS, tentando levar sua vida para longe da presença dele. então é preciso recomeçar, mais recomeçar é difícil, recomeçar é muito difícil.
 Mais muitas vezes é necessário recomeçar, toda vez que perdemos o foco que é CRISTO, precisamos recomeçar novamente.
Quantas vezes você recomeçou? Quantas vezes você precisou recomeçar mais não teve coragem?
Com Jonas aprendemos que sempre é tempo de recomeço, sempre ha tempo de recomeçar?  Mais recomeçar é um ato de coragem e fé!
Mas Jonas fugiu da presença do SENHOR, desceu até a cidade de Jope, onde havia um navio que partiria para Társis, com a intenção de fugir da presença do SENHOR!
Jonas perdeu o foco, mais qual foi o motivo?  Nós assim como Jonas, muitas vezes tomamos decisões que lá na frente vão nos trazer arrependimento.
Quando erramos o que devemos fazer? com certeza, devemos recomeçar!
  Jonas precisava recomeçar.
  Mais porquê Jonas não queria ir pregar em Nínive? Simplesmente por desobediência? só para desobedecer a DEUS? claro que não!
   Nínive era a capital do Império Assírio, Nínive era uma junção importante para as rotas comerciais, cruzando o Rio Tigre. Nínive ocupava uma posição central na estrada o mar Mediterraneo e o oceano Índico, unindo o Oriente e o Ocidente, recebia muitas riquezas, tornando se logo umas das maiores cidades da região.
  Ninive foi a casa do rei Senaqueribe rei da Assíria, de acordo das escrituras, foi o lugar onde o rei Snaqueribe morreu nas mãos de seus dois filhos.
  O problema é que Jonas sabendo que DEUS é misericordioso, é bondoso, iria poupar a cidade de Nínive caso eles se arrependessem, e Jonas não queria isso, pois guardava muitas mágoas dos Nínivitas pois eles tinham sido muito duros contra os Israelitas.
  Muitas das vezes, agimos como Jonas, somos vingativos e por isso, precisamos recomeçar.
  Mais como vamos recomeçar se queremos que DEUS destrua aquele que nos magoou, como podemos recomeçar se queremos que DEUS acabe com nosso irmão, destrua nosso vizinho e se vingue do meu patrão! Impossível, DEUS não fará isso, e sabemos muito bem disso.
  Na verdade queremos que DEUS haja de acordo com nossas vontades e interesses.
Jonas usou dinheiro pra fugir da presença de DEUS, ele pagou a passagem e entrou no navio, mas como lemos em Salmos 139 8-12, e constatamos ser impossível se esconder do ETERNO,

"Se subir ao céu, lá tu estás; se fizer no inferno a minha cama, eis que tu ali estás também. Se tomar as asas da alva, se habitar nas extremidades do mar, Até ali a tua mão me guiará e a tua destra me susterá. Se disser: Decerto que as trevas me encobrirão; então a noite será luz à roda de mim.Nem ainda as trevas me encobrem de ti; mas a noite resplandece como o dia; as trevas e a luz são para ti a mesma coisa;"    (Salmos 139:8-12)


  O restante da história nós sabemos, o barco quase afundou, Jonas foi lançado no mar, foi engolido por um grande peixe, ficou dentro do ventre do peixe, depois foi lançado pelo peixe em terra, e só depois de tudo isso foi que Jonas resolveu levar a palavra de arrependimento a Nínive, 
Jonas obedeceu, contrariado mais obedeceu, precisou passar por tantas lutas e dificuldades, sofrimentos, viu a morte de perto, a desobediencia o fez sofrer tanto, se Jonas tivesse ouvido o chamado que DEUS tinha com ele, não teria passado por nada daquilo que passou, sofreu tanto por causa da desobediência.
 Mais Jonas recomeçou! E você já recomeçou? Quando vai recomeçar? Tá difícil? Lembresse é necessário recomeçar, pois assim como Jonas, só encontraremos alegria, paz e bonança, quando estivermos no centro da vontade de DEUS,
Não passe por tudo o que Jonas passou, não lute com DEUS, evite o sofrimento, se renda antes, se lance nos braços do SENHOR, coloque-se no centro da vontade de DEUS e seja feliz!!

DEUS ABENÇOE A TODOS!!!

segunda-feira, 5 de junho de 2017

O que significa ser "infiel" para os muçulmanos


Muitos cristãos são hostilizados em países que defendem o islamismo como única religião e são classificados como infiéis e traidores
Definir o termo "infiel" usado pelos muçulmanos é importante já que milhares de cristãos no mundo são perseguidos pela "infidelidade" ao deus do islamismo. O número de países que rejeitam o cristianismo e hostilizam aqueles que se decidem por Cristo é cada vez maior, bem como o nível de violência que a igreja enfrenta. Atualmente, 50 países que compõem a Lista Mundial da Perseguição, mas há outras nações que já apresentam casos de cristãos sendo presos por causa da fé e até sendo torturados e mortos pelo nome de Cristo.

O cenário dentro desses países mostra a atuação de extremistas religiosos muçulmanos decretando a Jihad (guerra santa ou luta islâmica) contra os "infiéis" e afirmando que "matá-los é uma obrigação de todos aqueles que seguem o Alcorão", assegurando assim um lugar no "paraíso". Mas o que exatamente quer dizer ser um infiel para eles? Em poucas palavras é ser um "não-muçulmano", de acordo com o contexto religioso que vivem ou ainda abandonar o islã para se converter a outra crença.

Leia aqui algumas declarações de extremistas quando realizam algum ataque contra "infiéis" ou quando conseguem o domínio de alguma região:

"Vamos seguir em frente nesta luta, vamos lançar medo e aterrorizar seus corações. A jihad é tão brilhante quanto o sol que brilha no céu. Essa é uma guerra entre muçulmanos e infiéis", disse um porta-voz dos extremistas islâmicos que atua nas Filipinas. Ele conclui sua mensagem com as seguintes ordens aos seus soldados: "Mantenham os infiéis onde quer que eles estejam. Não usem de misericórdia, atinja-os com seus punhais e coloquem fogo em suas casas", declarou o jihadista. 

"Pedimos a Alá que abençoe a operação realizada pelos leões do Califado, pedimos a Alá que mate os cruzados", escreveu nas mídias sociais um apoiador do Estado Islâmico, logo após a explosão em um metrô, na Rússia, em abril. Outro apoiador chegou a dizer que aquele trem era "um atalho para o inferno para os adoradores da cruz".

"Vamos eliminar todos os cristãos do Egito e limpar o Cairo", essa foi uma das frases ditas pelos extremistas do Estado Islâmico, em um vídeo que divulgava um dos ataques suicidas em uma das igrejas no Cairo, que matou mais de 25 pessoas, em dezembro de 2016.

Isso é só uma amostra de como os cristãos são tratados em diversos países do mundo, onde eles são considerados infiéis pelos islâmicos radicais. A igreja no Brasil é livre para orar, louvar e adorar a Deus. Que a nossa liberdade possa ser usada para estender a mão aos nossos irmãos perseguidos. Persevere e interceda por nossa família em Cristo.


Leia também
A ordem é "exterminar os infiéis"
Não há alívio para os "infiéis"
Cristãos são considerados infiéis e recebem ameaças de morte

Fonte:
Portas Abertas - Servindo cristaos perseguidos
https://www.portasabertas.org.br

LANÇAMENTO DO MEU LIVRO, EM BREVE

Postagens Recentes