quarta-feira, 26 de julho de 2017

Ex-feiticeiro se converte a Cristo



Após assistir a um culto ao ar livre, feiticeiro muçulmano entrega sua vida a Jesus

Robert, um pastor da Tanzânia, está enfrentando dificuldades após a conversão de um feiticeiro muçulmano, que decidiu seguir a Cristo depois de assistir a um culto ao ar livre organizado por Robert. Após a conversão, o cristão ex-muçulmano, que decidiu mudar seu nome para Emanuel, pediu ao pastor que queimasse seus materiais de feitiçaria.

No dia seguinte, a polícia prendeu Robert sob falsas acusações de queimar páginas do Alcorão. Ele foi libertado na outra manhã e recebeu ordens para se apresentar às autoridades dentro de uma semana. Mas semanas depois, as investigações continuam.

Enquanto isso, Emanuel enfrenta pressão para renunciar a Cristo, mas ele não nega a nova fé. Ele foi batizado e começou a ser discipulado. A igreja local o acolheu e o ajuda a lidar com as dificuldades financeiras que ele enfrenta após sua conversão.

*Imagem alterada por motivos de segurança.


Pedidos de Oração
• Agradeça a Deus pela salvação de Emanuel e ore para que ele continue a crescer na fé.
• Peça a Deus que o ajude a resistir à pressão e à rejeição da família.
• Ore também para que o Senhor ajude Emanuel a encontrar outro meio de ganhar a vida para sustentar a família.


Leia também
Mathayo Kachila, um pastor que deixou saudade

Fonte: 
Portas Abertas - Servindo cristaos perseguidos
https://www.portasabertas.org.br

terça-feira, 25 de julho de 2017

Igreja da Cassiane cobra estacionamento em dias de culto



A ADALPHA (Assembleia de Deus Alphaville), igreja liderada pelos pastores e cantores gospel Cassiane e Jairinho, é conhecida por ser uma igreja para ricos, principalmente por ficar localizada em um dos mais importantes centros comerciais do mundo.


Ao longo da última semana, um equipe do O Fuxico Gospel visitou a igreja e de cara fomos surpreendidos com a cobrança de estacionamento.

Para ter o carro dentro da área de estacionamento e com direito a manobrista, qualquer fiel ou visitante precisa pagar a bagatela de R$10 reais.
O valor chega ser mais caro que o estacionamento de shopping ou aeroporto.

Pra uma igreja que até pouco tempo tinha o aluguel pago por um médico (preso por corrupção), só falta cobrar ingresso para assistir aos cultos.

Fonte: http://www.cajadadasdotiopaulo.org

Nota do Blog: Não fico feliz em publicar Matérias como estas, mais penso que precisamos saber o que acontece em nosso meio e orarmos para que DEUS tenha misericórdia do que tem se tornado a igreja nos dias atuais, precisamos voltar ao primeiro evangelho urgentemente!!!

DEUS abençoe a todos!!!

Elleamar Castilho - CD Resposta


Vale muito apena conferir o novo CD da cantora Elleamar Castilho, segue abaixo o vídeo da Música Resposta e a letra da mesma logo a seguir, uma bela letra na linda voz de Elleamar acompanhada de um ótimo arranjo, que DEUS abençoe grandemente a vida da cantora Elleamar, assim como de todos os envolvidos neste belíssimo trabalho, e de todos que ouvirem e louvarem ao SENHOR, com os lindos louvores desta obra, a DEUS toda honra, toda a glória e todo o louvor!!!





Cantora: Elleamar Castilho

Álbum: Resposta

Gravadora: Biten Records
LANÇAMENTO 2017 

*** LETRA *** 

Olha meu Senhor hoje estou aqui
Sabes e conheces meu interior
Sabes que no fundo não, não estou bem assim
O mar se levantou tentando me encobrir
Os meu inimigos querem ver meu fim
Minha vida é solidão.
Eu olho para o céu eu vejo tão distante
As coisas vão mudando não são como antes
A essência do amor em nada se tornou
Sobre a minha vida uma conspiração
Pois só o que querem é me ver no chão
Estou sendo alvo do inimigo.

Mas eu sei que quando o crente chora logo vem resposta
Eu sei que quando vem a prova logo vem vitória
Eu sei que o Senhor não abandona o crente na batalha
Sei que é Deus e nunca falha.
Eu sei que a minha fortaleza é seu braço forte
Eu sei que quando choro no meu quarto pelas madrugadas
É o teu amor que me consola, e me acalenta e me faz prosseguir
Nessa longa estrada.







Fonte:

segunda-feira, 24 de julho de 2017

‘Todos os Povos Te Louvem’ será realizado pela primeira vez no Rio



‘Todos os Povos Te Louvem’ será
realizado pela primeira vez no Rio
Evento contará com shows de Laura Souguellis e Lorena Chaves


O Grupo Povos e Línguas está na contagem regressiva para a 8ª edição de um dos maiores eventos de mobilização missionária da Igreja no Brasil – o ‘Todos os Povos Te Louvem’. O encontro está marcado para os dias 27, 28 e 29 de julho, em Campos dos Goytacazes. Pela primeira vez no estado do Rio de Janeiro, o projeto acontece como fruto de uma parceria entre o Grupo e a Igreja Batista Eldorado que está oferecendo toda infraestrutura e apoio logístico. Segundo os organizadores, são esperadas cerca de 2 mil pessoas nos três dias de evento.
Na programação estão shows, palestras, workshops, dinâmicas e testemunhos de missionários sobre a realidade e os desafios de evangelização no Brasil (sertão nordestino), Europa e Ásia (Tailândia). Entre os preletores estão pastor Estevam Fernandes, da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, e a missionária Marina Burgueño, da Missão Alma da Espanha. Já a música fica por conta de Vinícius Zulato (Igreja Batista da Lagoinha e líder do Ministério Cristo Vivo), Laura Souguellis e Lorena Chaves.
De acordo com o pastor titular da Igreja Batista Eldorado, Fernando Trindade, toda a igreja está feliz em participar e ser anfitriã desse primeiro encontro missionário no estado do Rio. “Estamos de braços abertos para receber todo o Brasil, em especial a população do nosso estado. Esse será um momento importante e muito bonito de unidade entre as igrejas para a cidade de Campos. Estamos contando os dias para o congresso que será uma linha divisória em todo entendimento e revelação que temos recebido do Senhor para vivermos a perspectiva de Atos dos Apóstolos 1,8”, comenta Trindade.
Segundo o mobilizador do Grupo Povos e Línguas, Breno Vieitas, o momento é de muito trabalho e expectativa. “Pensamos carinhosamente em cada detalhe do evento, desde os cantores e preletores até a equipe envolvida no projeto. Deus está direcionando tudo e estamos muito felizes por realizar o ‘Todos os Povos Te Louvem’ pela primeira vez no estado do Rio. E paralelo ao encontro, promoveremos um treinamento de missões para os pastores – o SIMI (Sistema de Implantação de Missões para Igrejas)”, conta Breno.
Ainda, de acordo com Vieitas, estão previstas mais três edições do evento para esse ano. “Ainda estamos articulando, mas a ideia é promover o encontro missionário no Rio de Janeiro, em São Paulo e Salvador (BA). E realizar pelo menos uma edição em cada região do país nos próximos anos”, afirma Breno, ao comentar que a mobilização missionária acontece desde 2014 e já passou por Belo Horizonte (MG), Vila Velha (ES) e João Pessoa (PB).

Inscrição – Podem participar adolescentes, jovens e adultos cristãos e qualquer pessoa que se interesse por missões. A taxa de inscrição única no valor de R$ 30,00 (trinta reais) vale para os três dias e será revertida para causa missionária.
Para se inscrever é necessário acessar o site www.povoselinguas.com e clicar no banner do evento. Ou acessar direto o link de inscrição que é https://www.e-inscricao.com/povoselinguas/todosospovostelouvemrj

Endereço – A Igreja Batista Eldorado fica na Rua Manoel Rabello, nº 77, Parque Eldorado. Campos dos Goytacazes (RJ). Mais informações pelo telefone (22) 2733-5457.

Grupo Povos e Línguas – O grupo surgiu em 2013 a partir de conversas entre pastores, músicos, missionários e líderes envolvidos com o movimento missionário brasileiro que viram a necessidade da Igreja ter um núcleo estratégico desenvolvedor, mobilizador e fomentador de ações missionárias no país. O Grupo atua como um movimento interdenominacional com o papel de mobilizar pastores para o envio de missionários a partir da igreja local. Para isso, o Povos e Línguas utiliza diferentes ferramentas de comunicação e mobilização, como o Todos os Povos Te Louvem e o SIMI, com o objetivo de capacitar e apoiar igrejas, missionários e todos os cristãos que desejam participar da Grande Comissão chamada por Jesus há mais de dois mil anos. Tal chamado pode ser lido em Mateus 28,19-20 quando Jesus diz: “Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até a consumação do século”.

Estevam Fernandes – Pastor da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, com 35 anos de experiência pastoral. Graduado em Teologia, História, Psicologia e Administração. É mestre em Sociologia da Religião e doutor em Sociologia pela UFPB. Palestrante em vários congressos regionais, nacionais e internacionais nas áreas de liderança, crescimento de igrejas e famílias.

Marina Burgueño - Natural de Sevilha, na Espanha. É missionária da Missão Alma da Espanha, trabalha junto à Fundação Paixão e Compromisso. Atualmente atua com mobilização missionária para plantação de novas igrejas nos pueblos espanhóis onde não possuem presença evangélica.

Fonte: http://veredasmissionarias.blogspot.com.br

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Projeto Missionário reinaugura igreja fechada há mais de dez anos no sertão da Bahia


Reinauguração aconteceu dia 11 de julho no Povoado do Alto no sertão de Quijingue-BA
19/07/2017

Esta foi mais uma realização da Associação Quero Almas, através dos seus mantenedores e pessoas espalhadas por todo o Brasil que juntamente com o cantor Samuel Mariano abraçaram essa causa. Foto: Divulgação

Foi reinaugurada na última terça-feira, 11 de julho de 2017 no Povoado do Alto em Quijingue, sertão da Bahia, um templo que estava fechado a mais de dez anos, esta foi mais uma realização da Associação Quero Almas, através dos seus mantenedores e pessoas espalhadas por todo o Brasil que juntamente com o cantor Samuel Mariano abraçaram essa causa

A cerimônia de inauguração contou com autoridades eclesiásticas de diversos estados, bem como apoiadores das ações do Quero Almas.

O interesse pela reconstrução do referido templo, se deu quando o cantor Samuel Mariano em uma de suas viagens missionárias em dezembro de 2016, visitou o povoado do Alto e avistou a congregação que estava inabitável, pois a mais de dez anos não haviam cultos no local. Movido pela chama missionária, o cantor juntamente com a equipe do Quero Almas começou uma campanha a favor da reabertura do templo.


O povo daquela região não tinha um lugar específico para cultuar ao Senhor, porém essa realidade mudou, pois, o Quero Almas com o apoio de vários parceiros de todo o Brasil se juntaram para que a igreja fosse reaberta.

A reinauguração contou com voluntários do Quero Almas dos estados de Pernambuco, Bahia, Goiás, Distrito Federal, São Paulo.

Em um dia chuvoso, lá estava a equipe do Quero Almas dando os últimos retoques, lavando a igreja que logo mais à noite receberia o povo da localidade.

A noite o grande culto de inauguração aconteceu e na direção do Samuel Mariano, Jesus salvou 03 (três) vidas, e agora, aquele lugar já tem três crentes que frequentarão o templo.

Vamos continuar orando por aquele lugar para que vidas se convertam e conheçam a Jesus.

O Quero Almas agradece a todos que abraçaram a causa e estão fazendo com que o Evangelho alcance o sertão brasileiro.

A Associação Quero Almas agora está engajada na ação da construção do Centro Social e Centro de Treinamento Missionário Quero Almas. Contribua para essa obra que fica situada no sertão da Bahia, na Vila Manancial em Quijingue.

O cantor e o Quero Almas, agradecem a todos que abraçaram essa causa.

Confira as fotos da reinauguração do Templo no Povoado do Alto em Quijingue-BA.

(Paz e Música)

Fonte: 
http://www.gospelgeral.com.br

sábado, 8 de julho de 2017

Ore por uma aldeia queniana que está sendo atacada


Uma delegacia, uma torre de comunicação e uma escola de não-muçulmanos já foram atingidos

Alguns homens suspeitos de fazer parte do grupo extremista islâmico Al-Shabaab estão atacando a área de Pandanguo, que fica na cidade de Lamu, cerca de 200 km ao norte de Mombaça, próximo da Somália. De acordo com relatórios, os ataques começaram na manhã de ontem, primeiro a uma delegacia e eles também atingiram uma torre de comunicação.

Segundo fontes locais, porém, os disparos já começaram a ser ouvidos a partir do dia 11 (terça) às 23hs. Eles também atacaram uma escola (de estudantes não-muçulmanos). Até o momento, não se sabe se há vítimas entre os civis. “Eles estão muito bem armados e até tentaram derrubar um helicóptero militar que estava rastreando seus movimentos terrestres. O exército já cercou a aldeia de Pandanguo e está se movimentando lentamente”, disse uma fonte que não foi identificada por motivos de segurança.

“Agora nossa oração é para que as pessoas não sejam capturadas por eles durante os ataques, como já vimos acontecer anteriormente. Oramos pela segurança de todos os estudantes e que eles possam voltar para suas casas. A situação alarmou também os moradores de Mpeketoni. O Al-Shabaab está tentando estabelecer um estado islâmico na Somália e nas imediações. Espero que as forças de segurança nessa área possam controlar a situação. Precisamos de orações, urgente, por favor, intercedam por nós”, pediu a fonte.


Leia também
Violência é intensificada no norte do Quênia
Como vivem os cristãos no Quênia

Fonte::
Portas Abertas - Servindo cristaos perseguidos
www.portasabertas.org.br

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Pregando a salvação aos hindu


Um cristão afastado do evangelho, se reconcilia e colhe bons frutos
A história de Elia* começou quando ele sonhou em ser um cavalheiro bem vestido que falasse da Bíblia para grandes plateias. Ainda jovem ele iniciou seus estudos numa Escola Bíblica até se tornar um líder cristão de uma das igrejas na Indonésia, porém por um pecado, ele acabou se afastando e abandonou tudo. Sua reconciliação com Deus se deu através de um programa de rádio, onde o locutor se dirigia às pessoas afastadas do Senhor. Dali para frente, sentindo em seu coração o perdão divino, ele voltou para casa e decidiu recomeçar a vida vendendo sabão nas pequenas aldeias entre as montanhas.

Seu desejo de servir a Deus voltou, mas seu passado havia criado uma barreira com a liderança da igreja. Isso, porém, não o impediu de compartilhar sua fé com os compradores do seu produto. Certo dia, ousadamente, Elia falou sobre Jesus a um homem. Na próxima visita, o homem havia reunido mais algumas pessoas para ouvir o que mais ele tinha a dizer. Quando chegou na terceira visita, já havia mais de uma dúzia de pessoas querendo ser batizadas e assim, o vendedor de sabão decidiu pedir ajuda para a igreja onde já havia trabalhado.

Segundo os relatórios, nunca houve uma conversão em massa como essa desde que a igreja na região começou, na década de 30. Como resultado, a liderança reconsiderou seu pedido e deu a ele a responsabilidade de pastorear a igreja doméstica que se formou naquela aldeia. Elia entendeu que seu chamado era pregar a salvação entre os hindus daquela região. Embora ele não tenha se tornado um cavalheiro como pensou que se tornaria, ele tem falado de Jesus Cristo, espalhando a boa semente do evangelho e colhendo muitos frutos.

*Nome alterado por motivos de segurança.


Leia também
De volta aos braços amorosos do Pai

Fonte:
Portas Abertas - Servindo cristaos perseguidos
https://www.portasabertas.org.br

terça-feira, 4 de julho de 2017

Vivemos pela fé



[500 Anos da Reforma]
Por Martinho Lutero
Porque no evangelho é revelada a justiça de Deus, uma justiça que do princípio ao fim é pela fé, como está escrito: “O justo viverá pela fé”. [Romanos 1.17]
Quando eu era monge, não consegui coisa alguma por meio de jejum e oração. Isso porque nem eu nem qualquer outro monge reconhecíamos o nosso pecado e a nossa falta de reverência a Deus. Nós não entendíamos o pecado original nem percebíamos que a incredulidade também é pecado. Acreditávamos e ensinávamos que, não importa o que as pessoas façam, elas nunca podem estar certas da bondade e da misericórdia de Deus. Como resultado, quanto mais eu corria atrás de Cristo e o procurava, mais ele se esquivava de mim.
Assim que compreendi que era apenas por intermédio da graça de Deus que eu seria iluminado e receberia vida eterna, trabalhei com empenho para entender o que Paulo diz em Romanos 1.17 – uma justiça que vem de Deus é revelada no evangelho. Procurei por muito tempo e tentei por várias vezes entendê-la. Mas as palavras em latim para “a justiça que vem de Deus” eram um obstáculo para mim. A justiça de Deus geralmente é definida como a característica pela qual ele é impecável e condena o pecador. Todos os mestres, com exceção de Agostinho, interpretavam a justiça de Deus como a ira de Deus. Assim, todas as vezes que eu lia essa passagem, eu desejava que Deus nunca tivesse revelado o evangelho. Quem poderia amar um Deus irado que nos julga e condena?
Por fim, com a ajuda do Espírito Santo, olhei mais cuidadosamente para o que o profeta Habacuque disse: “O justo viverá pela sua fé” (Hc 2.4, ARA). Desse trecho, concluí que a vida deve vir da fé. Portanto, levei o nível abstrato para o nível concreto, como costumamos dizer na escola. Relacionei o conceito de justiça a uma pessoa que se torna justa. Em outras palavras, uma pessoa torna-se justa por meio da fé. Isso abriu toda a Bíblia – até o próprio céu – para mim!

Em 2017, Ultimato vai relembrar e celebrar os 500 anos da Reforma Protestante. O Blog publica, sempre às segundas-feiras, uma devocional do reformador Martinho Lutero, retirado do seu Somente a Fé – Um Ano com Lutero
Fonte:http://www.ultimato.com.br/

Pai de santo invoca entidades na Alerj e pede que “igrejas não se apossem do Estado”

Idealizado pelo PSOL, evento também pediu “Fora Temer”

Candomblecista invoca entidades na Alerj
A cerimônia de homenagem a Mãe Beata de Iemanjá, realizada na da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ) foi idealizada pelo PSOL, partido do deputado estadual Marcelo Freixo.
A sessão solene, que ocorreu no mês passado incluiu a entrega da Medalha Tiradentes, a maior honraria da Casa de Leis, aos filhos da mãe de santo Beatriz Moreira Costa, falecida recentemente.
“Os 86 anos de vida e militância da líder religiosa foram celebrados ao som de atabaques, instrumentos típicos das religiões de matrizes africanas, durante a entrega da Medalha Tiradentes, mais alta condecoração concedida pela Alerj”, afirma o site oficial da Assembleia.

A homenagem póstuma foi entregue pelo deputado Marcelo Freixo aos filhos da mãe de santo. Na ocasião, o governador decretou luto oficial de três dias no estado pela morte da líder religiosa.

Para surpresa de muitos, o PSOL que é ardente defensor do Estado laico, deu o microfone para Aderbal Moreira Costa invocar as entidades do candomblé no plenário. O seguidor de Mãe Beata discursou contra os políticos evangélicos e atacou a “família Bolsonaro”.
“Que essa Casa aprenda com os povos originários o que é ética, o que é valor e o que é humanidade… Que essa Casa não permita mais que as igrejas se apossem do estado”, bradou, sendo aplaudido por dezenas de seguidores das religiões afro presentes, bem como dos deputados de esquerda que prestigiavam o evento.
Aderbal prosseguiu, apelando para “Que essa Casa não permita mais o crime de racismo religioso, de homofobia, de lesbofobia, não permita mais o genocídio do povo negro, não permita que essa família Bolsonaro tome conta do estado e continue a cometer crimes contra a humanidade”.
Após o evento, Freixo, derrotado por Marcelo Crivella (PRB) na disputa à prefeitura do Rio de Janeiro ano passado, afirmou que essa cerimônia foi “o dia mais bonito que já presenciei no Parlamento”.
Ficou claro, mais uma vez, que ele e seu partido mantém o famoso discurso de esquerda que usa “dois pesos e duas medidas”. Enquanto atacam qualquer manifestação religiosa cristã dentro das instituições públicas em nome da laicidade do Estado, dão espaço para religiões afro-brasileiras como legítimas.
O deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) já fez o mesmo na Câmara dos Deputados. O ataque aos deputados evangélicos e o uso do discurso de homofobia revela mais uma vez a hipocrisia do discurso esquerdista.
Assista:

Fonte:https://noticias.gospelprime.com.br/

quarta-feira, 28 de junho de 2017

China tem 100 mil novos convertidos ao cristianismo todos os anos, relata pastor


Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.


Apesar da grande perseguição do governo comunista chinês, há um número alto de conversões ao cristianismo por ano.


O crescimento da fé cristã na China continua aumentando de forma notável. Recentemente um pastor relatou que sua igreja têm registrado cerca de 100 mil novos seguidores de Cristo por ano, apesar da repressão dos direitos humanos e forte abusos causados pelas autoridades comunistas.

O reverendo Erik Burklin, da China Partner, que treina líderes cristãos chineses, disse que Deus está “transformando vidas” e “construindo sua Igreja”. “Como Jesus disse a Pedro: ‘Sobre esta rocha, eu construirei minha igreja’. Quando Ele disse isso, Ele disse: ‘Eu vou construir minha igreja’. Não, ‘vocês, cristãos, construirão minha igreja’, mas ‘eu vou’”, disse Burklin à Mission Network News.


Ele falou de acontecimentos surpreendentes, como quando uma pessoa do governo central doou cerca de 7,3 milhões de dólares (o equivalente a R$ 22.971.000 aproximadamente) para uma nova igreja na Union Theological Seminary, na cidade de Nanjing.

“Eu estava quebrando a cabeça, pensando: ‘Como é possível que, na China, onde o comunismo ainda prevalece no país, uma pessoa do governo central faria doações para que um seminário local possa terminar de construir sua igreja? É inacreditável”, afirmou Burklin.

Conversões

Além disso, os chineses continuam chegando a Jesus, construindo uma base crescente. “Então nos reunimos com líderes para jantar naquela noite, e perguntamos aos pastores: ‘Quantos batismos você teve no ano passado? Quantos novos convertidos você teve em sua cidade?’ Ele nos deu uma visão geral do que Deus está fazendo em toda a sua província”, comentou.

“Ele estava nos explicando que têm até 100 mil novos crentes em média todos os anos. Isso é incrível”, descreveu Burklin. O governo ateísta da China tem, na maior parte, realizado uma repressão em larga escala sobre a crença religiosa, especialmente contra os cristãos que adoram nas igrejas domésticas não autorizadas.

De acordo com relatos, o governo tem destruído as igrejas e isso está levantando confrontos com centenas de membros e pastores cristãos, além de ativistas de direitos humanos. Líderes das igrejas controladas pelo governo que se manifestaram contra as demolições de cruzes também enfrentaram prisão.

Perseguição

Grupos como a Freedom House disseram que 100 milhões de pessoas enfrentam perseguições na China, incluindo cristãos de várias denominações. Eles enfrentam níveis altos de perseguição. Embora o presidente chinês Xi Jinping tenha tentado estabelecer relacionamentos cordiais com o Ocidente e as principais instituições, grupos de vigilância da perseguição, como a China Aid, continuam compartilhando as histórias de pessoas que sofreram atrocidades sob seu regime.

Li Heping, um advogado cristão, falou sobre a “tortura sádica” que sofreu após sua prisão em 9 de julho de 2015, como parte de uma repressão. “Houve momentos em que eu queria cometer suicídio. Sobrevivi por causa da minha fé cristã, a defesa valente de minha esposa e a atenção da comunidade internacional”.



Com informações Guia-me
Via: http://conscienciacristanews.com.br

terça-feira, 27 de junho de 2017

O Encontro da Mulher Pecadora com JESUS!!

Resultado de imagem para o encontro de jesus com a mulher adultera

Sem Dúvidas que esta é umas das histórias mais impressionantes do Novo Testamento, pois revela a reação de JESUS diante de uma mulher flagrada em adultério, Foi nessa ocasião que JESUS disse a célebre frase: " Aquele que não tiver pecados atire a primeira pedra" (João 8:7)

   Enquanto os Fariseus queriam condenar a mulher e apedrejá-la, JESUS ofereceu-lhe uma oportunidade especial: O perdão dos seus pecados.

Assista o Vídeo do culto de ensino da Palavra com o tema: O Encontro da Mulher Pecadora com JESUS!!



Fonte usada no culto de ensino: Bíblia Sagrada Versão revista e atualizada de acordo com os melhores textos em Hebraico e Grego e Revista de Estudos Bíblicos Indutivos da Junta de Missões Nacionais, igreja multiplicadora.

DEUS abençoe a todos!!!

terça-feira, 20 de junho de 2017

Mais 22 cristãos são presos na Eritreia


(imagem ilustrativa)

O número de cristãos presos no país é alarmante e aumenta a cada dia

Entre o fim de maio e o começo de junho deste ano houve uma onda de prisões e 22 cristãos eritreus foram encarcerados. O número de cristãos presos desde o início de maio aumentou para mais de 120. O risco de viver a fé cristã na Eritreia tem aumentado desde 2002, quando uma lei foi criada para impedir o crescimento da igreja.

Essa nova onda de prisões aconteceu perto do Dia da Independência do país, em 24 de maio. Muitos cristãos encontram-se sob vigilância especial nos dias próximos às celebrações dessa data. Isso acontece porque eles se negam a participar de cerimônias que vão contra seus valores.

Fora da capital, cristãos foram presos depois da celebração de um casamento. No dia 21 de maio, os familiares e amigos do casal se reuniram para celebrar a união após uma semana da cerimônia, o que é costume para os cristãos locais. Ao fim da festa, 49 pessoas foram presas, inclusive o casal.


Pedidos de Oração

Clame ao Senhor pela libertação dos que decidiram seguir a Cristo apesar das dificuldades.
Ore para que a igreja cresça e que se mantenha confiante no cuidado de Deus.
Interceda pelos governantes, para que encontrem o caminho, a verdade e a vida em Jesus Cristo.


Leia também
Cristãos eritreus necessitam das nossas orações
Como vivem os cristãos na Eritreia

Fonte
:Portas Abertas - Servindo cristaos perseguidos
https://www.portasabertas.org.br

terça-feira, 13 de junho de 2017

Igreja Batista é atacada por muçulmanos e morrem ao menos 40 cristãos na Nigéria



Ataque de muçulmanos em aldeia. (Foto: 360Nobs)


Além dos mortos e feridos neste ataque recente, centenas de pessoas foram expulsas de suas casas e igrejas também foram destruídas.

Pelo menos 40 pessoas foram mortas, após um massacre brutal a uma comunidade cristã Batista na Nigéria.

Homens armados (provavelmente membros de tribos Fulani) invadiram Godogodo no estado de Kaduna, Nigéria – um assentamento predominantemente cristão – no último sábado (15). O incidente ocorreu após assassinatos anteriores na mesma aldeia.

Além dos mortos e feridos neste ataque recente, centenas de pessoas foram expulsas de suas casas e igrejas também foram destruídas.


Moradores da aldeia disseram que o massacre aconteceu pouco depois de alguns jornalistas terem passado por lá para fazer uma matéria sobre um ataque com facões que havia matado oito pessoas no final de setembro, segundo relatórios da agência cristã ‘Morning Star News’.

Uma testemunha do ataque, Peter Atangi, viu seus quatro filhos sendo mortos pelos pastores Fulani [grupos de extremistas islâmicos que perseguem cristãos na Nigéria].

“Os pastores vieram à noite, no sábado [15 de outubro]. Eles invadiram nossas casas depois de atacar um posto de controle militar. Eles usavam armas sofisticadas, além de facões, facas e paus. Assim que eles chegaram, começaram a atirar indiscriminadamente e começamos a correr em direções diferentes”, disse ele.

“Eles atiraram e mataram meus quatro filhos. Enquanto corríamos para salvar nossas vidas, eles também atearam fogo em nossas casas. Muitos estão desabrigados agora”, acrescentou.

O pastor Isaac Balason, da Igreja Batista Nasara, em Godogodo, falou com a agência ‘Morning Star News’ pelo telefone durante o momento ataque.

“Agora são 20:30 e o ataque está acontecendo”, disse ele. “Não temos certeza se vamos sobreviver a isto. Por favor, estejam em oração conosco”, pediu.

Solomon Musa, advogado e presidente da União Popular do Sul de Kaduna, disse em uma conferência de imprensa na última segunda-feira (17), que os residentes locais identificaram pelo menos 40 pessoas que morreram.

Ele disse: “A comunidade Godogodo voltou a sofrer um ataque feroz, aterrador, brutal, selvagem e bárbaro por parte dos pastores Fulani sem qualquer motivo aparente, no último sábado, 15 de outubro de 2016”, disse ele. “Até agora, os moradores conseguiram identificar pelo menos 40 corpos, além de vários outros cadáveres queimados, o que dificulta o reconhecimento”.

De acordo com Solomon quase todas as casas da aldeia foram queimadas.

“A selvageria e barbárie do ataque é inacreditável”, disse ele. “No entanto, os governos federal e estadual parecem permanecer tranquilos e evasivos. Fomos abandonados e negligenciados”.

Rev Thomas Akut, da Igreja Evangélica ‘Winning All Good News’, em Godogodo disse que o ataque expulsou todos os 245 membros de sua igreja.

“A maioria das aldeias ao redor de Godogodo foram destruídas e milhares de cristãos foram expulsos de suas casas”, disse ele, observando que considera que este ataque é parte de uma guerra islâmica contra os cristãos.

“Esta é uma jihad”, disse ele. “É uma guerra santa islâmica contra cristãos na parte sul do estado de Kaduna”.

A organização cristã ‘World Watch Monitor’ relatou que mais de 300 pessoas – a maioria sendo cristãs – foram mortas em ataques de pastores Fulani nos últimos cinco meses e mais de 5.000 pessoas foram expulsas de suas aldeias.

Outro pastor nigeriano, Rev Agostinho Akpen Lev, disse ao site da organização: “Este é outro jihadista, assim como o Boko Haram no nordeste do país. Os terroristas transportam armas sofisticadas, às vezes até usam armas químicas em nossas comunidades. Eles atacam muitas vezes durante a noite, quando as pessoas estão dormindo. Eles atacam pessoas indefesas e vão embora. Eles têm claramente um objetivo: Acabar com a presença do cristianismo e assumir as terras
”. 

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO CHRISTIAN TODAY

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Líderes cristãos são forçados a fechar igrejas



Por conta de uma circular de 2008, que exige o registro com a autorização do governo, muitas igrejas estão sendo ameaçadas
O Sri Lanka ocupa o 45º lugar na atual Lista Mundial da Perseguição. Grupos budistas radicais têm uma forte presença no país e os monges continuam a interromper as atividades da igreja, na batalha para tornar o budismo a religião predominante na nação. Os cristãos não são reconhecidos por seus direitos legais e estão financeiramente despreparados para enfrentar acusações jurídicas.

Nos últimos dias, muitos líderes cristãos foram ameaçados e forçados a fechar as igrejas que administram por conta de uma circular de 2008, em que diz que igrejas não registradas não devem permanecer abertas. No mês passado, um deles, Pradeed e sua família enfrentaram um protesto violento contra o funcionamento da igreja que fica no sul do país.

No início do ano, 12 agressores budistas destruíram uma igreja, a oeste do Sri Lanka. Eles estavam armados com bastões de madeira, barras de ferro e facas. Na ocasião, eles obrigaram os cristãos a parar o culto e, como eles se recusaram, então quebraram toda a igreja. Os fieis tiveram que se reunir sob uma árvore para continuar a adoração a Deus.

Pedidos de oração
Interceda pelos nossos irmãos cingaleses e peça a Deus que realize milagres entre eles.
Ore por todos os líderes que estão enfrentando ameaças violentas para fechar as igrejas, que eles permaneçam firmes em seus propósitos, apesar das dificuldades.
Atualmente, um dos líderes fez uma parceria com outro líder de Camboja, a fim de construir um refúgio seguro para meninas que foram forçadas à vida de prostituição. Ore por esse projeto.


Leia também
Líderes cristãos são perseguidos e ameaçados
Autoridades tentam impedir reuniões de cristãos

Fonte:
Portas Abertas - Servindo cristaos perseguidos

terça-feira, 6 de junho de 2017

SEMPRE É TEMPO DE RECOMEÇAR!

Resultado de imagem para profeta jonas


"E veio a palavra do SENHOR a Jonas, filho de Amitai, dizendo: Levanta-te, vai à grande cidade de Nínive, e clama contra ela, porque a sua malícia subiu até à minha presença. Porém, Jonas se levantou para fugir da presença do Senhor para Társis. E descendo a Jope, achou um navio que ia para Társis; pagou, pois, a sua passagem, e desceu para dentro dele, para ir com eles para Társis, para longe da presença do Senhor."  (Jonas 1:1-3)


Quantas Pessoas no decorrer da vida, a vida naufragou,se perdeu, foi vencido pelos problemas e pelas lutas e nas provações que nesta vida precisamos passar,
  Um bom exemplo que a vida nos dá é Judas, Judas abandonou o barco, ele simplesmente não recomeçou.
 Paulo que encontrou JESUS no meio do caminho para Damasco, conseguiu naquele momento, dar uma guinada uma revira volta na sua vida.
 E como foi com Jacó? Jacó fez um acordo com seu sogro, que trabalharia sete anos para se casar com Raquel, trabalhou sete longos anos, e na hora de receber a sua recompensa, exatamente no momento de celebrar o casamento, sem dúvida alguma um momento muito aguardado por ele, seria a realização de um sonho, mas na hora de receber a sua amada, seu sogro lhe diz  o seguinte: Aqui em casa quem se casa primeiro é a mais velha, então lhe entregou Lia em casamento e não sua tão esperada Raquel.
 Mais Jacó aceitou o desafio e trabalhou mais sete anos, ou seja, quatorze longos anos ele trabalhou e esperou por Raquel para tê-la como esposa, pois este era seu objetivo, seu sonho, seu desejo, seu amor.
   E com você como será, o que fará da vida? vai desistir, ou vai recomeçar? vaio ficar pelo meio do caminho, desistir? Vai deixar o seu barco afundar? Ou vai recomeçar do ponto onde você parou?
 Lembre-se o melhor Lugar para você é o centro da vontade de DEUS, por tanto, se coloque no lugar em que DEUS tem reservado para você, quais são os projetos de DEUS para sua vida?
Talvez você tenha se perdido pelo caminho, ou mesmo lutado com DEUS, tentando levar sua vida para longe da presença dele. então é preciso recomeçar, mais recomeçar é difícil, recomeçar é muito difícil.
 Mais muitas vezes é necessário recomeçar, toda vez que perdemos o foco que é CRISTO, precisamos recomeçar novamente.
Quantas vezes você recomeçou? Quantas vezes você precisou recomeçar mais não teve coragem?
Com Jonas aprendemos que sempre é tempo de recomeço, sempre ha tempo de recomeçar?  Mais recomeçar é um ato de coragem e fé!
Mas Jonas fugiu da presença do SENHOR, desceu até a cidade de Jope, onde havia um navio que partiria para Társis, com a intenção de fugir da presença do SENHOR!
Jonas perdeu o foco, mais qual foi o motivo?  Nós assim como Jonas, muitas vezes tomamos decisões que lá na frente vão nos trazer arrependimento.
Quando erramos o que devemos fazer? com certeza, devemos recomeçar!
  Jonas precisava recomeçar.
  Mais porquê Jonas não queria ir pregar em Nínive? Simplesmente por desobediência? só para desobedecer a DEUS? claro que não!
   Nínive era a capital do Império Assírio, Nínive era uma junção importante para as rotas comerciais, cruzando o Rio Tigre. Nínive ocupava uma posição central na estrada o mar Mediterraneo e o oceano Índico, unindo o Oriente e o Ocidente, recebia muitas riquezas, tornando se logo umas das maiores cidades da região.
  Ninive foi a casa do rei Senaqueribe rei da Assíria, de acordo das escrituras, foi o lugar onde o rei Snaqueribe morreu nas mãos de seus dois filhos.
  O problema é que Jonas sabendo que DEUS é misericordioso, é bondoso, iria poupar a cidade de Nínive caso eles se arrependessem, e Jonas não queria isso, pois guardava muitas mágoas dos Nínivitas pois eles tinham sido muito duros contra os Israelitas.
  Muitas das vezes, agimos como Jonas, somos vingativos e por isso, precisamos recomeçar.
  Mais como vamos recomeçar se queremos que DEUS destrua aquele que nos magoou, como podemos recomeçar se queremos que DEUS acabe com nosso irmão, destrua nosso vizinho e se vingue do meu patrão! Impossível, DEUS não fará isso, e sabemos muito bem disso.
  Na verdade queremos que DEUS haja de acordo com nossas vontades e interesses.
Jonas usou dinheiro pra fugir da presença de DEUS, ele pagou a passagem e entrou no navio, mas como lemos em Salmos 139 8-12, e constatamos ser impossível se esconder do ETERNO,

"Se subir ao céu, lá tu estás; se fizer no inferno a minha cama, eis que tu ali estás também. Se tomar as asas da alva, se habitar nas extremidades do mar, Até ali a tua mão me guiará e a tua destra me susterá. Se disser: Decerto que as trevas me encobrirão; então a noite será luz à roda de mim.Nem ainda as trevas me encobrem de ti; mas a noite resplandece como o dia; as trevas e a luz são para ti a mesma coisa;"    (Salmos 139:8-12)


  O restante da história nós sabemos, o barco quase afundou, Jonas foi lançado no mar, foi engolido por um grande peixe, ficou dentro do ventre do peixe, depois foi lançado pelo peixe em terra, e só depois de tudo isso foi que Jonas resolveu levar a palavra de arrependimento a Nínive, 
Jonas obedeceu, contrariado mais obedeceu, precisou passar por tantas lutas e dificuldades, sofrimentos, viu a morte de perto, a desobediencia o fez sofrer tanto, se Jonas tivesse ouvido o chamado que DEUS tinha com ele, não teria passado por nada daquilo que passou, sofreu tanto por causa da desobediência.
 Mais Jonas recomeçou! E você já recomeçou? Quando vai recomeçar? Tá difícil? Lembresse é necessário recomeçar, pois assim como Jonas, só encontraremos alegria, paz e bonança, quando estivermos no centro da vontade de DEUS,
Não passe por tudo o que Jonas passou, não lute com DEUS, evite o sofrimento, se renda antes, se lance nos braços do SENHOR, coloque-se no centro da vontade de DEUS e seja feliz!!

DEUS ABENÇOE A TODOS!!!

segunda-feira, 5 de junho de 2017

O que significa ser "infiel" para os muçulmanos


Muitos cristãos são hostilizados em países que defendem o islamismo como única religião e são classificados como infiéis e traidores
Definir o termo "infiel" usado pelos muçulmanos é importante já que milhares de cristãos no mundo são perseguidos pela "infidelidade" ao deus do islamismo. O número de países que rejeitam o cristianismo e hostilizam aqueles que se decidem por Cristo é cada vez maior, bem como o nível de violência que a igreja enfrenta. Atualmente, 50 países que compõem a Lista Mundial da Perseguição, mas há outras nações que já apresentam casos de cristãos sendo presos por causa da fé e até sendo torturados e mortos pelo nome de Cristo.

O cenário dentro desses países mostra a atuação de extremistas religiosos muçulmanos decretando a Jihad (guerra santa ou luta islâmica) contra os "infiéis" e afirmando que "matá-los é uma obrigação de todos aqueles que seguem o Alcorão", assegurando assim um lugar no "paraíso". Mas o que exatamente quer dizer ser um infiel para eles? Em poucas palavras é ser um "não-muçulmano", de acordo com o contexto religioso que vivem ou ainda abandonar o islã para se converter a outra crença.

Leia aqui algumas declarações de extremistas quando realizam algum ataque contra "infiéis" ou quando conseguem o domínio de alguma região:

"Vamos seguir em frente nesta luta, vamos lançar medo e aterrorizar seus corações. A jihad é tão brilhante quanto o sol que brilha no céu. Essa é uma guerra entre muçulmanos e infiéis", disse um porta-voz dos extremistas islâmicos que atua nas Filipinas. Ele conclui sua mensagem com as seguintes ordens aos seus soldados: "Mantenham os infiéis onde quer que eles estejam. Não usem de misericórdia, atinja-os com seus punhais e coloquem fogo em suas casas", declarou o jihadista. 

"Pedimos a Alá que abençoe a operação realizada pelos leões do Califado, pedimos a Alá que mate os cruzados", escreveu nas mídias sociais um apoiador do Estado Islâmico, logo após a explosão em um metrô, na Rússia, em abril. Outro apoiador chegou a dizer que aquele trem era "um atalho para o inferno para os adoradores da cruz".

"Vamos eliminar todos os cristãos do Egito e limpar o Cairo", essa foi uma das frases ditas pelos extremistas do Estado Islâmico, em um vídeo que divulgava um dos ataques suicidas em uma das igrejas no Cairo, que matou mais de 25 pessoas, em dezembro de 2016.

Isso é só uma amostra de como os cristãos são tratados em diversos países do mundo, onde eles são considerados infiéis pelos islâmicos radicais. A igreja no Brasil é livre para orar, louvar e adorar a Deus. Que a nossa liberdade possa ser usada para estender a mão aos nossos irmãos perseguidos. Persevere e interceda por nossa família em Cristo.


Leia também
A ordem é "exterminar os infiéis"
Não há alívio para os "infiéis"
Cristãos são considerados infiéis e recebem ameaças de morte

Fonte:
Portas Abertas - Servindo cristaos perseguidos
https://www.portasabertas.org.br

sábado, 3 de junho de 2017

O antes e depois da chegado do Evangelho em Lagoa da Cobra




O Projeto Campos Brancos tem avançado de maneira espantosa no extremo sertão piauiense. Nesse lugar tão seco, o rio da vida tem matado a sede de dezenas de famílias e muitas delas têm sido radicalmente mudadas por Cristo. Nosso Deus está dividindo em duas a história desse lugar: antes e depois da chegada do Evangelho. As amadas missionárias Neide e Vanda tem desbravado essas terras distantes e resgatado muitas almas para Cristo e a creche missionária Peniel unidade sertão tem crescido a cada dia apesar das distâncias e dificuldades. Aqui temos que mandar recursos para comprar água, o alimento das crianças, mandar uma ajuda de custo para as missionárias e ainda socorrer a comunidade em suas carências mais urgentes. Não é fácil, mas temos visto a mão de Deus todo o tempo. Estamos precisando de uma máquina de xerox para melhorar a qualidade dos serviços oferecidos nessa unidade. Se poder ajudar, colabore. É para a glória de Deus! Ore pelas obreiras dessa unidade, por proteção e por recursos para a ampliação desse trabalho

Fonte: http://missionariakelem.blogspot.com.br

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Morre, aos 90 anos, o pastor Severino Vilarindo Lima

O pastor estava internado há dois meses em razão de uma pneumonia




Morreu, nesta quinta-feira (1º/6), o pastor Vilarindo Lima, fundador da Igreja Batista Central de Brasília (IBCB). O pastor sofria com uma pneumonia há dois meses e, por complicações da doença, estava internado no Hospital Brasília. Seu primeiro neto e presidente da (IBCB), Ricardo Espindola, conta que o quadro do pastor mudou drasticamente nesta última semana. “De repente, ele foi piorando e, como se fosse uma vela, apagando”, relata.

A família se revezava para acompanhar Vilarindo no hospital. O pastor, que era conhecido por suas orações pela cura e milagres, descansou em paz, cercado pelos filhos e pelos netos. O velório vai começar às 17h dessa sexta-feira (2/5), no templo da 603 Sul, e seguirá até as 9h de sábado, quando será celebrada um culto de corpo presente. O sepultamento será às 14h, no Cemitério Campo da Esperança.

Origens
Severino Vilarindo Lima nasceu em Umbuzeiro, cidade do interior de Pernambuco. Guiado pelo versículo “Este é o dia que o Senhor fez, regozijemo-nos e alegremo-nos nele”, descrito em Salmos, o pernambucano superou momentos árduos da infância e ajudou a dar forma à Igreja Batista Central de Brasília.

A trajetória começa em 1926. Primogênito de um filho de coronel e uma cortadora de cana, foi criado pelo avô paterno até os 9 anos e, depois, pela madrinha. A nova família o obrigava a vender balas e os famosos puxas-puxas nas ruas, com o intuito de obter a renda necessária para manter os seis irmãos de criação do pequeno na escola. “O colégio estadual era público. Ainda assim, o preço para poupar as outras crianças do trabalho era alto – envolvia custos alimentícios, de materiais, uniformes, entre outros”, contou Ricardo, neto do pastor, em entrevista ao Correio no ano passado.

A dura rotina não impedia Vilarindo de sonhar com um futuro melhor. O maior desejo, à época, era ingressar em um centro de estudos. Ele chegou, até mesmo, a levar um pequeno caixote de frutas à escola da cidade, para usá-lo como carteira, já que o local não dispunha de infraestrutura para todos os estudantes. O padrasto, no entanto, era completamente contrário a ideia. Na única oportunidade em que pediu para iniciar o processo de aprendizagem, foi agredido. “Em meio à discussão, o homem atingiu meu avô com um faca. Ele, então, fugiu. Passou por muitas dificuldades, mas aquele foi o primeiro passo para a mudança”, afirmou o neto.

A criança adotou Campina Grande (PB) como destino. Foi maltratada nas ruas e passou fome. A situação mudou quando, desmaiado em uma avenida, foi acolhido pela dona de uma alfaiataria. As costuras desenvolvidas pela moça saltaram aos olhos de Vilarindo Lima. Assim, na casa e no local de trabalho de sua criadora, estudou e aprendeu o ofício que praticaria nos anos seguintes.

Juventude
Tempos depois, o jovem, como vários outros, começou a frequentar bares e a beber com frequência. A situação, entretanto, não o impediu de apaixonar-se pela bela Carmem de Araújo. Eles se conheceram em 1945. Durante três meses, trocaram experiências e viveram um grande romance. O curto período de tempo foi suficiente para que decidissem anunciar o casamento. O matrimônio, que durou 64 anos, era regado com muitos mimos. Vilarindo entregava rosas para Carmem todos os dias, além de lembrá-la do tamanho do seu amor. A rotina perdurou até 2009, ano do falecimento da companheira.

Carmem está presente na memória como esposa e mãe dedicada. Foi ela, também, que apresentou Vilarindo ao evangelho. A iniciativa deu certo. Ainda que em segredo, o jovem converteu-se e cultivava um grande amor pela palavra de Deus. A revelação aos conhecidos ocorreu apenas meses depois, em uma briga de rua, na qual Vilarindo afirmou que não bateria em um rapaz, porque era crente.


Saiba mais
Aos 18 anos, Vilarindo mudou-se com a família para Natal e ingressou na Marinha. Para prestar serviços ao Brasil, inicialmente, escondeu o matrimônio. Na força naval, o pastor ministrou cultos, formou-se em administração e jornalismo e cuidou do departamento de alfaiataria. Confeccionava fardas para grandes autoridades, como João Figueiredo, Ernesto Geisel e Juscelino Kubitschek. A força armada rendeu a Vilarindo viagens para Egito e Tenerife e, mais tarde, a mudança para o Rio de Janeiro.

Propósito divino
Vilarindo Lima decidiu trocar o território carioca por Brasília, após a solicitação de Ernesto Geisel. Na capital federal, assumiu um cargo no Estado Maior das Forças Armadas (Enfa), além de posicionar-se como dirigente da alfaiataria oficial da Marinha.

A mudança de cidade, porém, é encarada pelo pastor como um propósito de Deus. Durante a juventude, de acordo com Ricardo, o avô teve uma visão. A mensagem divina era clara: “Você irá para a cidade de edifícios deitados”. Ao abrir as janelas do apartamento onde morava, em 1969, Vilarindo percebeu que a previsão se concretizara.

Em território brasiliense, Vilarindo ajudaria a fundar um dos mais icônicos templos nacionais, além de promover curas entre fiéis. No ano de 1970, o pastor foi convidado por Antônio Martins Villas Boas a frequentar os cultos da Igreja Batista Central (IBC). A reunião contava com a presença de apenas 16 pessoas e, nela, foi lido o Salmo 127. Dois meses após o encontro, em 1970, Vilarindo Lima foi convidado para presidir os trabalhos. No ano seguinte, foi empossado presidente do centro religioso. Nos últimos anos de vida, devido ao Alzheimer, Vilarindo não conseguia ministrar cultos, mas ainda assistia a algumas pregações.


* Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

Fonte: http://www.correiobraziliense.com.br/

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Uma missão perigosa para os cristãos



Oliver* deixa Bíblias nas portas de famílias muçulmanas durante a noite e arrisca sua vida para espalhar a semente do evangelho 

Oliver* realiza uma missão diferente para o Reino de Deus na Península Arábica. No meio da noite, ele entra em seu carro para espalhar a luz de Cristo, deixando Bíblias nas portas das casas de famílias muçulmanas. Ele se anima dizendo acreditar que a palavra de Deus não voltará vazia. Sem muito barulho, ele carrega uma caixa de papelão com Bíblias em árabe, depois as esconde debaixo dos bancos do carro, ora antes de sair e pede para Deus protegê-lo durante as entregas. Esta é uma missão perigosa.

No país onde ele vive é estritamente proibido tentar converter os muçulmanos ao cristianismo. A distribuição de Bíblias entre eles certamente seria qualificada como ilegal e Oliver poderia ser deportado ou até mesmo preso se algum policial o encontrasse em uma dessas noites.

Mas o perigo nunca o impediu de cumprir sua missão. Ele afirma que faz isso mesmo sabendo que pode lhe custar a liberdade ou a própria vida. É o amor pela palavra que o impulsiona. “Durante os anos que já serviu ao Senhor nesse país, Oliver já viu como é protegido e presenciou muitos milagres logo após a conversão de alguns muçulmanos que se dedicaram a leitura da Bíblia”, conclui um dos colaboradores da Portas Abertas.

Revista Portas Abertas
A edição deste mês conta várias histórias de cristãos que vivem em países da Península Arábica e arriscam suas vidas para pregar o evangelho aos muçulmanos. Deus tem se revelado a muitos e há conversões acontecendo. Se você ainda não recebe a Revista em sua casa, cadastre-se e leia mais testemunhos como esse. Assim, você fica mais próximo da Igreja Perseguida.



Leia também
Como vivem as babás cristãs na Península Arábica
Vivendo o cristianismo em segredo

Fonte:www.portasabertas.org.br

LANÇAMENTO DO MEU LIVRO, EM BREVE

Postagens Recentes